Menu Fechar

Hora do Presente

Não vale a pena falarmos de futuro, sem consolidarmos o presente!

Os madeirenses e porto-santenses estão cada vez mais cansados e inconformados com alguns políticos da Região, com a demagogia que tem vindo a nortear a oposição na nossa tão amada terra. Uma demagogia que diariamente ganha novos e maiores contornos por parte daqueles que anseiam um dia governar, embora nem saibam governar-se a si próprios. Anseiam governar, imagine-se, sem terem uma proposta concreta, uma medida acertada.

A verdade é que vivemos num clima cada vez mais bipolarizado: de um lado, temos quem trabalha, diariamente, para fomentar, económica e socialmente, uma sociedade capaz de receber os jovens que saíram da nossa Região, à procura de uma melhor vida, mas que desejam sempre o regresso e, do lado oposto da barricada, uns sujeitos que simplesmente pensam no seu presente sem se preocuparem a apresentar reais medidas para o futuro destas gerações, para o futuro da Madeira e do Porto Santo!

Nunca fui nem sou apologista daquela máxima de que “os jovens são o futuro”, até porque se dermos bases e oportunidades aos mais novos, a esta nossa nova geração de profissionais qualificados e com vontade de fazer mais e melhor, estamos também a garantir o presente. E não estamos a falar só de política, até porque, em todas as áreas, é essencial, mais do que nunca, que se criem condições para uma renovação que tenha o cuidado de dar a hipótese, a quem entra, de sempre aprender com quem lá está, já que ninguém nasce ensinado!

Cabe-nos a nós, jovens autonomistas e social-democratas – e naturalmente com a humildade que nos caracteriza – lutar em nome dessas novas oportunidades, dessas condições, apostando em novas formas de cativar e, acima de tudo, de envolver e apelar à participação desta nova geração na cidadania ativa.

Compete-nos alertar e sensibilizar todos os nossos jovens para a importância desta mobilização, mostrando-lhes o que foi feito, o que está a ser trabalhado e o que tem de ser implementado em todos os 11 concelhos. Por eles, por nós, pela nossa Região!

É hora de todos nós, jovens e graúdos, continuarmos a trabalhar, conjunta e ativamente, em prol do melhor para a nossa terra, sem rodeios e falsas promessas, que não é disso que somos feitos.

É hora que as pessoas que não têm vontade de participar na discussão cívica, que é a política, sintam que estamos aqui para os defender, sem olhar a meios nem a partidos. Até porque, para nós, primeiro estão os madeirenses e porto-santenses!

É hora de olharmos para os nossos jovens como o presente e não apenas como o futuro, pois o presente começa em nós.

É “Hora do Presente”!

José Pedro Prada
Secretário do Conselho de Jurisdição da JSD Madeira

#LiderarParaTi

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *