Menu Fechar

A necessidade de melhorar o nosso sistema de ensino universitário

O nosso sistema de ensino tem-se verificado um pouco defeituoso ao longo dos anos, tal como também o acesso ao ensino superior, o que pede para já uma atualização.

O acesso ao ensino superior põe todos os jovens nervosos e ansiosos, devido às médias elevadas que temos de entradas para os cursos e também devido ao facto de essas mesmas colocações demorarem imenso tempo a sair. 

Na minha opinião, ja não faz muito sentido o acesso feito hoje em dia. O sistema de exames nacionais ja não deveria existir, poderia existir caso o aluno quisesse apenas concluir o secundário e não querer ir para o ensino superior. De forma a mudarmos a forma de acesso, seria bom nos apoiarmos, por exemplo, no sistema americano, em que no qual digamos que uma determinada pessoa quer ingressar no curso de Direito, ele faz um exame dessa área, um exame introdutório de direito, em que no qual sai uma nota e dependendo dessa nota poderá entrar em qualquer universidade à sua escolha. Se tiver uma nota alta entra numa universidade mais prestigiada, se não entra nas outras, tudo isto seguindo uma ordem. Desta forma acho que seria muito melhor para o aluno pois assim já iria ter algum contacto com o curso que quer e assim decidir se é mesmo aquilo que quer ingressar na universidade. 

Outro ponto importante a adotar no nosso sistema de ensino, não só no universitário, mas também em geral seria o de estágio desde por exemplo do 3º ciclo, já adotado em alguns países na União Europeia, e que teria como objetivo já dar a conhecer aos jovens como é o mundo do trabalho e também por os jovens a par de como é a determinada profissão que tem em ideia um dia exercer. 

Concluindo, o nosso sistema de ensino não está muito mau, mas necessita de algumas atualizações, pois tal como o mundo evoluiu, também o sistema de ensino precisa de evoluir para acompanhar o crescimento e as novas realidades.

Guilherme Nunes
Presidente do Núcleo da JSD Sé

#LiderarParaTi

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *