Menu Fechar

Futuro da Educação

Vivemos tempos difíceis no que toca à educação em Portugal. O nosso sistema educativo não vê uma reforma significativa há mais de 40 anos. No entanto  os professores formados em Portugal, têm uma das melhores qualificações a nível mundial.

Mas porquê que isso não se reflete na nossa sociedade e principalmente no nosso sistema educativo?

O problema, a meu ver, está no sistema em si e até na forma que temos vindo a tentar reforma-lo.

As mudanças que temos vindo a assistir, têm sempre vindo dos “Sr. Professores Pseudo-intelectuais” que quase nunca deram aulas e pouco ou nada estiveram em contacto com os estudantes. Não têm, por isso, a noção das reais necessidades da educação.

Um dos exemplos desta situação é o nosso excelentíssimo Ministro da Educação. Este não é nem nunca será a pessoa ideal para este cargo. Não têm nem nunca teve ligações com a Educação. É este homem que queremos como responsável por uma pasta de tamanha importância?

Os estudantes precisam de alguém com vivência e experiência na área.

Para além dos notáveis problemas no ensino básico e secundário, também podemos encontrar problemas na primeira infância. A extrema cautela que temos com as crianças está a afeta-las de uma maneira inigualável. Estamos a transforma-los em “nabos com pernas”, e não podemos permitir que tal aconteça.

Para concluir, não digo que algumas mudanças que temos visto até agora não tenham sido benéficas para  a melhoria do sistema educativo, mas não foram suficientemente significativas para marcar a diferença.

Só quando mexermos na base do nosso sistema educativo, é que vamos poder esperar uma sociedade melhor, mais preparada para cumprir os seus deveres cívicos.

Vitor Mendonça
Militante da JSD Madeira

#LiderarParaTi

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *