Menu Fechar

Tempos de Solidariedade

No momento em que vivemos, de confinamento sanitário, há que encontrar a melhor forma de combinar a saúde de todos nós com a Economia.

As fragilidades económicas com que já nos deparamos, e que com toda a certeza se irão agravar nos próximos meses, ainda para mais com o cenário de incerteza e de falta de confiança por parte dos consumidores, tenderá a criar maiores dificuldades às famílias, sobretudo aquelas que venham a ser atingidas pelo desemprego.

É neste cenário que penso ser fundamental o maior apoio social e onde a Solidariedade entre todos terá que funcionar da melhor maneira, sob o risco de entrarmos numa espiral de degradação social sem precedentes na nossa sociedade.

O porquê de ser solidário?

Não faltam motivos para ajudar durante a pandemia. Muitas famílias passaram a contar com a doação de alimentos e outros bens materiais.

Para os profissionais de saúde que trabalham arduamente também eles tiveram e têm apoio no que toca à alimentação, para lhes dar força para longas horas de trabalho!

Como ajudar no dia a dia?

Além de doações financeiras para instituições, é possível contribuir no dia a dia. Ajudar um vizinho idoso, indo ao supermercado ou até mesmo à farmácia por ele, é uma forma importante de evitar e expor o grupo de risco a um contágio.

Ajudar os pequenos comerciantes da sua zona também é uma forma de solidariedade.

Distribuição de alimentos, doação de produtos de higiene pessoal e consultas gratuitas são algumas das ações solidárias que se espalham pelo país.

Se todos estivermos unidos vamos enfrentar e superar uma das maiores crises de saúde pública do mundo.

Compre o que é nosso! Ajude a nossa economia a reerguer-se!

#LiderarParaTi

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *